3 barreiras que fazem as farmácias não alcançar metas

Sem tempo para ler o artigo 3 barreiras que fazem as farmácias não alcançar metas?

Então basta dar o play para escutar agora mesmo!

Alcançar metas faz parte da rotina de qualquer empresa e é essencial para nortear os colaboradores em encontro com os objetivos almejados. Ainda sim apenas um seleto grupo realmente consegue tornar tangível o que foi de fato planejado. O que faz isso acontecer é o desconhecimento das barreiras “invisíveis” que estão no caminho do empreendedor farmacêutico, impedindo-o de alçar metas.

Com o intuito de simplificar esse processo, trouxemos as 3 principais barreiras que inevitavelmente as farmácias e drogarias terão que superar para alcançar metas. Continue a leitura e saiba se você as conhece e sabe como transpô-las. Confira!

Recomendado para você:

>> Bater meta: 3 erros que todo gestor de farmácia nunca deve cometer ao delegar metas aos colaboradores

>> Gestão em farmácia: veja como fazer o seu negócio sobreviver aos marcos de cada fase da sua empresa

>> Como fazer: Planejamento Estratégico de Sucesso do Ano para sua farmácia

#1 Falta de liderança

Seja um líder e não um chefe!

Mesmo que líder e chefe não sejam sinônimos, as pessoas ainda julgam como sendo conceitos semelhantes. Um erro! Líder é o inverso de chefe. Com poucas palavras podemos descrever líder como sendo um indivíduo que:

  • inspira os demais;
  • não dá ordens, apenas orienta;
  • é o exemplo que todos querem seguir;
  • promove a união;
  • participa intensamente das atividades; e
  • enxerga muito além do curto e médio prazo.

Nem todas as pessoas têm o perfil de líder, não sendo fácil adquiri-la. Falando um pouco sobre chefe, esse é mais comum nas empresas. Geralmente o chefe não é bem visto pelos colaboradores, pois sua postura autoritária lhe confere pouca simpatia das pessoas. Chefe é aquele que dá ordens de execução e foco no resultado a curto prazo. Ele é o responsável por monitorar e fazer com que os colaboradores cumpram determinadas tarefas.  

A grosso modo, tenha em mente que líderes inspiram e chefes dão ordens. Então quer dizer que ser chefe é ruim? Não necessariamente, mas existem momentos e perfis de profissionais que vão exigir a hora de liderar ou exercer a chefia. Em todo caso é sempre preferível tomar o rumo da liderança, pois nela os colaboradores sentem maior confiança em exercer suas funções, visto que o líder sempre será o exemplo que todos querem seguir.  

Trazendo esse contexto para realidade das farmácias e drogarias, muitas deixam de extrair o máximo da performance da equipe justamente por falta de liderança. Um colaborador inseguro, com medo do seu superior, terá pouco engajamento ou nenhuma motivação interna para continuar trabalhando, dar feedback assertivos, ser proativo e desempenhar sua função com excelência sem necessidade de constante monitoramento.

Sua farmácia tem mais líderes ou chefes?

#2 Falta de engajamento da equipe

Engajamento não é motivação!

A farmácia tem profissionais engajados ou motivados? Saber responder essa simples pergunta não é algo muito fácil. Primeiro é importante separar engajamento de motivação. Quando nos referimos à engajamento estamos dizendo que a pessoa está comprometida com o coletivo, isto é, os objetivos e meta de vida da pessoa estão alinhadas com os objetivo e metas da empresa.

Quando o profissional atuante na farmácia está engajado, entende-se que o mesmo compreendeu que pertence à um grande sistema, sendo uma pequena peça fundamental para que todas as outras também funcionem. O engajamento está vinculado com a coletividade.

Ebook Controle de Estoque - 3 barreiras que fazem as farmácias não alcançar metas

Já a motivação é o oposto do engajamento. A motivação é um fator individual que aflora de dentro da pessoa. O que faz você dono de farmácia continuar levantando todos os dias e ir trabalhar no seu negócio? Porque cada colaborador continua trabalhando na sua farmácia? Cada indivíduo tem sua própria motivação para fazer algo.

Após ter o pleno entendimento desses dois conceitos, você já notou que se deve buscar o engajamento dos colaboradores da farmácia ao invés da motivação. Para fazer isso o gestor deve propiciar as ferramentas e recursos indispensáveis para os colaboradores se manterem engajados. Sendo mais específico, uma pessoa engajada precisa de:

Autonomia

  • liberdade para se expressar sem represália;
  • dar feedbacks sobre o que julgar adequado;
  • confiança para sugerir mudanças que sejam de fato executadas;
  • independência para executar suas tarefas.

Propósito

  • saber sua real importância para a equipe;
  • qual o objetivo de realizar uma determinada atividade;
  • sentir-se útil e valorizado pelo seu trabalho;
  • plano de carreira e possiblidade de crescimento pessoal e profissional;
  • bons exemplos das pessoas de alto escalão (líderes, gestores, donos).  

Recompensa

Agora ao invés de falar “Preciso motivar toda minha equipe de colaboradores”, você deve pronunciar “Devo me preocupar em manter o engajamento de todos os colaboradores da minha farmácia”!

#3 Falha na comunicação

Exonere os ruídos da sua administração!

Podemos afirmar com segurança que grande parte dos problemas dentro da farmácia são oriundos da comunicação, ou melhor, da falta dela. Transmitir uma instrução para outra pessoa muitas vezes não é tão simples quando se apresenta. O motivo?

Bem, entenda que no processo básico de diálogo existem 3 elementos envolvidos:

  • Emissor;
  • Mensagem; e
  • Receptor.

Quando o líder (Emissor) reúne os colaboradores da farmácia (Receptores) para passar as metas (Mensagem), cada pessoa poderá ter seu próprio entendimento. Isso acontece quando as palavras ditas estão desniveladas para o grau de instrução das pessoas, ou seja, não são compreendidas literalmente.

Parece muito óbvio, mas acontece com frequência nas empresas. Colaboradores que não entendem como devem alcançar metas simplesmente porque não entenderam o que é para se fazer. Usar palavras simples em conjunto com exemplos é a saída para evitar os ruídos de comunicação, isto é, a falta de entendimento.

Conclusão

Ao superar essas 3 barreias de Falta de Engajamento, Falta de Liderança e Falha de Comunicação a farmácia terá melhores condições de alcançar metas. Contudo isso demanda ferramentas pensadas para cada atividade da farmácia que seja essencial para o cumprimento das metas. E nisso podemos ajudar!

Preencha o formulário nessa página e fale agora mesmo com um especialista para conhecer nossas soluções e recursos para sua farmácia. Ou se preferir, chame no whatsapp!

Gostou do assunto desse artigo? Se inscreva no nosso Canal do YouTube e nossas páginas do Facebook e Instagram para ter mais conteúdos como esse!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: