15 49.0138 8.38624 arrow 0 bullet 1 4000 1 1 fade https://www.inovafarma.com.br/blog 300 true 4000
Please assign a Header Menu.
Vitrine de loja como atrair clientes

Aprenda a montar uma vitrine de loja e atrair mais pessoas para sua farmácia

29 de novembro de 2019
É possível afirmar que a visão é de longe o sentido mais importante dos seres humanos. É através dela que notamos a maioria das coisas do dia a dia. E como sua farmácia pode ser notada pelos consumidores? Através de uma boa vitrine de loja que visualmente “encham os olhos”, é garantido que mais pessoas...
Gestão de Pessoas e Marketing para Farmácia

É possível afirmar que a visão é de longe o sentido mais importante dos seres humanos. É através dela que notamos a maioria das coisas do dia a dia. E como sua farmácia pode ser notada pelos consumidores? Através de uma boa vitrine de loja que visualmente “encham os olhos”, é garantido que mais pessoas vão entrar na sua farmácia.

Observe no seu dia como somos bombardeados por imagens a todo instante. A empresas já entenderam que a informação visual é o alicerce que estrutura a construção de uma venda. Buscar investimentos em aspectos visuais é fundamental para que sua farmácia seja reconhecida no meio de tantas outras. É necessário se fazer perceber diante a crescente concorrência.

Continue a leitura do artigo para saber como uma boa organização de ambiente em conjunto com uma vitrine bem pensada, podem atrair muitos clientes.

>> Recomendado para você:

Entenda por que o cheiro da sua farmácia pode influenciar a decisão de compra dos clientes!

Veja como você pode usar ações de Marketing Auditivo para sua farmácia vender mais!

Métricas de vendas: conheça as principais e saiba como mensurá-las

Imaginar que só o preço dos produtos já faz com que sejam vendidos de forma automática, é um enorme erro. Guardada suas devidas proporções, se fosse dessa forma, a Apple não bateria recorde vendas dos seus Smartphone, comercializados praticamente pelo dobro do preço de um outro Smartphone com configuração superior.

Trazendo esse paralelo para sua farmácia, é necessário que você crie uma “atmosfera de compras” que seja propícia para o seu tipo de público. Para isso, existem ferramentas de comunicação visual poderosas, que quando utilizadas da forma correta despertam a percepção de compra das pessoas.

A vitrine é o convite que faz as pessoas perceberem sua farmácia!

Você não costuma investir muito em mídias publicitárias? Pois então saiba que sua vitrine deve ser tratada com muita importância. Afinal, ela é o cartão de visitas do seu estabelecimento. É ela quem vai atrair o olhar dos passantes pela calçada e despertar o interesse (ou não) em conhecer o interior da loja.

Trate a vitrine como uma espécie de canal publicitário que está se comunicando diretamente com as pessoas do lado de fora da farmácia. Por isso é importante valorizar esse espaço. Recomenda-se utilizar materiais diferenciados de alto padrão e poupar dinheiro aqui pode passar uma imagem desleixada. Também não precisa exagerar, o bom senso sempre deve prevalecer.

A vitrine tem obrigatoriamente que chamar a atenção das pessoas. Então deixe o local muito bem iluminado. Prefira usar um espaço que tenha boa largura e profundidade. Nada de “espremer” os produtos para caber mais! Isso só contribui negativamente na mensagem que é passada para as pessoas que estão olhando. Você não quer que sua farmácia seja percebida como algo pequeno e abarrotado!

Quanto aos produtos, dê preferência em expor aqueles que estão presente nas grandes mídias. Isto é, que possuem massiva divulgação midiática. Cuidado para não ferir a legislação! Existem medicamentos que não podem ser expostos. Nada melhor do que consultar as RDCs publicadas pela ANVISA. Coloque também produtos iscas, que você está “queimando” do estoque. Fique atento no ângulo das caixas dos produtos para favorecer e chamar mais atenção de quem estiver passando.

Também é interessante renovar esse ambiente de tempos em tempos. Comece fazendo testes de 15 em 15 dias, mude a organização, exponhas novos produtos, altere as cores e veja se houve maior entrada de pessoas na farmácia. O objetivo principal é que sua vitrine seduza e estimule as pessoas entrarem na farmácia.

Qual o melhor lado para o cliente entrar na farmácia?

Bem, você tornou sua vitrine sedutora e atraente para as pessoas. E agora? O trabalho não para por aqui. É necessário também planejar como vai ser a experiência das pessoas dentro da farmácia. Tomando como partida que a maioria das pessoas são destras (escrevem com a mão direita), a tendência é que elas se dirijam para o lado direito da farmácia, logo após passarem pela porta. Então, neste caso, o lado direito é o local mais quente da farmácia.

É importante você ter esse conhecimento, pois se naturalmente os clientes buscam pelo lado direito da farmácia, é nessa posição que devem estar expostos os produtos. Toda o lado direito da farmácia deve ser mais valorizado. Já o lado esquerdo, você pode destinar para os caixas, salas de aplicação, refeitório, armários dos colaboradores e banheiros.

Como identificar: Pontos Quentes e Pontos Frios

Os chamados Pontos Quentes dos estabelecimentos são aquelas áreas que proporcionam grande visibilidade para a exposição dos produtos, que possuem mais interação dos clientes. Já os locais que menos percebidos pelos clientes são classificados como Pontos Frios.

Geralmente os primeiros 3 metros não é um espaço que tenha muita atenção das pessoas. Isso é explicado pois quando entramos em algum lugar, primeiro damos alguns passos, só depois vamos prestar atenção em algum produto. Após alguns passos iniciais, o ritmo das passadas diminui e começamos a observar mais atentamente.

Então, produtos expostos muito perto da porta de entrada não são notados com tanta facilidade. Portanto, em um raio de 3 metros da porta, é considerado um ponto frio. Mas isso pode mudar, dependendo do formato da loja e do seu tamanho. Em via de regra, evite expor os produtos muito perto da porta, eles vão passar quase sempre desapercebidos.

Fique atento também nos pontos frios das prateleiras e gôndolas. Os primeiros 50 centímetros (os cantinhos) do começo e do final não são observados com tanta facilidade pelos consumidores. A altura influencia também: produtos expostos muito altos ou muito baixos, fora do alcance da visão de uma pessoa de estatura média, são difíceis de terem boa saída. Já se perguntou porque os supermercados colocam doces e brinquedos bem abaixo da visão dos adultos? Isso mesmo, são mais fáceis de serem vistos pelas crianças. A lógica funciona da mesma forma para os adultos.

Já os pontos quentes de maior visibilidade ficam nas pontas de gôndola, justamente no final da passagem de cada corredor. Naturalmente a pessoa vai prestar atenção nesse local, pois precisa “fazer a curva” para continuar andando. Corredores de “passagem obrigatória”, como por exemplo o “zigue-zague” proposital na fila do caixa são ótimos lugares de exposição.

Como expor os produtos de forma correta

Agora que você já sabe quais os pontos quentes e frios da sua farmácia, é hora de prestar atenção na arrumação dos produtos. Os clientes olham para as prateleiras igualmente você está lendo esse artigo neste momento: da esquerda para a direita, de cima para baixo. A disposição dos produtos deve seguir a mesma forma, ou seja, o movimento natural dos olhos das pessoas. Os rótulos das embalagens sempre voltadas para a frente.

Os produtos devem ser expostos de diferentes maneiras. No mercado mobiliário, você facilmente encontra opções de cestões, ilhas, gôndolas, displays, prateleiras e outras variantes. Tente aproveitar ao máximo os pontos quentes para expor os produtos de maior valor agregado, isto é, que possuem mais margem de lucro para a farmácia.

Dica valiosa:

Quando for fazer pilha simples (um só produto) ou pilha múltipla (dois ou mais produtos); deixe um pouco desarrumado alguns produtos. Isso passa a sensação de que as pessoas estão comprando, e logo o produto vai acabar. Se tudo permanecer muito arrumadinho, as pessoas acabam tendo medo de desarrumar e acabam não levando o produto. Ou inconscientemente tem a impressão de que o produto não está vendendo, porque não é tão bom assim. Isso já foi testado em diversas redes de supermercado e funciona muito bem.

O ideal é manter uma singularidade. Se você criar um “padrão” único na disposição dos produtos, isso não vai chamar muita atenção dos clientes. De acordo com pesquisas do instituto Veronis, Shler & Associados, 83% da atenção humana são capturadas pela visão; 11% pela audição; 3,5% pelo olfato; 1,5% pelo tato e 1% pelo paladar.

Portanto se preocupe em mesclar produtos de tamanhos e cores diferentes, embalagens modernas e chamativas. Crie formas geométricas e desenhos na diagonal, horizontal ou vertical com os próprios produtos. Não abuse muito, a intenção é proporcionar uma atração visual, para que a visão do cliente não fique “entediada”, e com isso evitar que saia da farmácia sem comprar nada.

—–

A ação de comprar na farmácia tem que ser uma experiência prazerosa para os clientes. Hoje existem muitas opções no mercado para o consumidor, além disso as compras podem ser feitas pela internet ou telefone, sem a necessidade de deslocamento até a farmácia.

Logo, você como dono de farmácia deve manter atenção voltada para os benefícios que seu estabelecimento pode proporcionar aos clientes, fazendo com que eles gostem do ambiente de compras e se sintam atraídos a comprarem mais nesse local.

Quer mais conteúdo que vai te ajudar a melhorar as vendas da sua farmácia? Então se inscreva agora no nosso Canal do YouTube e siga nossa página do Facebook!

Facebook

Lucas Sabadini

Analista de Conteúdo em INOVAFARMA
Sou apaixonado por trabalhar na criação de conteúdo e marketing para uma das melhores empresas de tecnologia do país! Quer saber por que nossos clientes estão tão satisfeitos? Sinta-se livre para me contatar.
Lucas Sabadini
Guia Completo: Controle de Caixa para Farmácia
Comentarios 0

Deixe uma resposta