15 49.0138 8.38624 arrow 0 bullet 1 4000 1 horizontal https://www.inovafarma.com.br/blog 300 true 4000
Please assign a Header Menu.
treinamento na farmácia não perca de dinheiro

Veja porque treinamento na farmácia vai te trazer melhores resultados nas vendas

Avatar
6 de setembro de 2019
50 Visualizações
Culturalmente os donos e gestores de modo geral não costumam dar muita importância para o treinamento na farmácia de toda a equipe de colaboradores. Isso sem dúvida é um tremendo erro! Os motivos pelos quais o treinamento é deixado para escanteio são os custos e tempo. Leia também: Quer melhorar o desempenho dos seus colaboradores?...

Culturalmente os donos e gestores de modo geral não costumam dar muita importância para o treinamento na farmácia de toda a equipe de colaboradores. Isso sem dúvida é um tremendo erro! Os motivos pelos quais o treinamento é deixado para escanteio são os custos e tempo.

Leia também: Quer melhorar o desempenho dos seus colaboradores? Clima organizacional: saiba como fazer.

O dinheiro que deve ser investido em cursos de capacitação que treinem verdadeiramente os colaboradores para atuarem no dia a dia, são vistos como despesas. O que é muito errado! Veja neste artigo porque a farmácia deve investir na formação do seu colaborador.

 

Colaboradores bem treinados = Clientes satisfeitos

Já percebeu a quantidade de farmácias e drogarias que oferecem uma infinidade de produtos e serviços parecidos? Principalmente quando nos referimos ao preço, com margens apertadíssimas, não sobra muito espaço para um atendimento personalizado. O que vale nesse tipo de modelo é o fluxo de vendas.

Mas por que estou falando isso? Bem, se sua farmácia não consegue competir de igual para igual com as grandes redes atacadistas no preço, então é melhor ter outra estratégia. É essencial trabalhar com outros aspectos que não sejam somente o preço. Ou seja, não fique refém somente da precificação dos produtos.

Vamos ser francos: sabemos que o preço é o fator que chama atenção do consumidor. Mas ele por si só não é determinante para o sucesso do seu negócio. Diante disso o treinamento da sua equipe se faz essencial para a farmácia. Colaboradores bem treinados conseguem proporcionar uma experiência de compra muito satisfatória para o cliente. E se você souber trabalhar boas técnicas de vendas, consegue agregar muito mais valor no atendimento, resultando no aumento do ticket-médio.

 

Você sabe o valor do capital intelectual do seu colaborador?

É fácil entender a importância do capital intelectual. Imagine se os colaboradores da sua farmácia sabem quais atitudes tomarem para cada situação de venda, quais as regulamentações que regem o seu negócio, cumprem e seguem os fluxos e processos corretamente, e mantém a farmácia organizada. Nesse contexto faz muito sentido investir no desenvolvimento dos colaboradores.

Por exemplo: o profissional que costuma ser o mais gabaritado na farmácia é o farmacêutico, por sua formação técnica. Mas então porque um balconista consegue atingir excelentes metas de vendas, ao invés dessa pessoa de maior qualificação? Simples: pois o capital intelectual desse colaborador possui muitas habilidades no relacionamento com pessoas, o que faz toda a diferença na hora da venda. Porém o farmacêutico possui um capital intelectual muito desenvolvido na parte técnica, mas com dificuldades na relação com pessoas.

Percebe que existe uma disparidade entre os colaboradores? Ambos possuem sua importância para a farmácia, mas devem ser treinados para que possam melhorar suas habilidades menos desenvolvidas. O balconista pode conhecer mais sobre a classificação e formulação dos medicamentos. Já o farmacêutico pode ter dicas de como se relacionar com os clientes.

 

Posso contratar profissionais “prontos” para o meu negócio!

Sim, você pode! Esses tipos de profissionais são os mais escassos no mercado de trabalho. E quando você encontra um deles disponível, prepare seu bolso! Os salários costumam ser muito altos, condizentes com a qualificação. Claro que existem regras a exceção. Hoje muitas pessoas preferem qualidade de vida ao invés de polposas remunerações.

Mas em via de regra não é fácil encontrar um profissional muito bem qualificado com o que você está disposto a pagar. Além disso, você corre o risco de contratar pessoas com alto nível de “vícios”. Isto é, executam as atividades do dia a dia conforme a empresa anterior que trabalhava. E isso pode ser um baita problema, se sua farmácia tem processos bem definidos.

Um outro ponto a ser analisado é sobre a cultura da sua farmácia. Pense bem, o que será mais difícil e custoso: moldar um profissional promissor à sua forma de trabalho, ou tentar convencer um profissional já “calejado” que deve seguir os seus processos?

Comece agora mesmo o treinamento da sua equipe!

Tenha em mente que treinar os colaboradores não é uma despesa para sua farmácia! Porém é necessário investir de forma estratégica nos cursos e capacitações. Não é qualquer profissional ou curso caro que vai da noite para o dia deixar sua equipe qualificada. Isso sim é despesa! Evite contratar consultorias ou palestrantes que passam somente uma semana na farmácia com seus colaboradores. Isso raramente funciona. O treinamento ideal ocorre no dia a dia da farmácia.

Primeiro identifique quais as maiores deficiências da sua equipe:

  • São capazes de atender bem os diversos perfis de clientes?
  • Dominam técnicas básicas de vendas que contribuem para o aumento do ticket-médio?
  • Sabem trabalhar com o sistema de automação e gestão da farmácia?
  • Conhecem a regra do negócio e as normas e legislações sanitárias?
  • Tem problemas de relacionamento interno?
  • Cumprem suas obrigações do dia a dia com eficiência e qualidade?

 

Após levantar esses pontos procure saber quais são mais críticos para o seu negócio. Por exemplo: se a maioria dos colaboradores tem dificuldade em trabalhar com o sistema de automação e gestão da farmácia, isso irá refletir na produtividade e demora no atendimento. Em seguida veja se a empresa responsável pelo sistema de automação e gestão oferece treinamentos presenciais ou online.

Em alguns casos esse tipo de treinamento acaba não custando nada para a farmácia. Crie planos de estudos para cada colaborador, de acordo com sua função na farmácia. O balconista pode começar o treinamento na parte de vendas do sistema, já o farmacêutico já pode ir direto para o controle do SNGPC. E o mais importante, faça o acompanhamento diário dos estudos. Isso já vai te mostrar quais os colaboradores que estão realmente engajados e merecem o seu devido reconhecimento.

 

E então, percebeu como o treinamento dos colaboradores pode influenciar os resultados da sua farmácia? Procure sempre qualificar aqueles que fazem parte do seu negócio. Investir em qualificação nunca será uma despesa quando bem planejado e executado.

Quer ter acesso a mais vários conteúdos que vão te ajudar no seu negócio? Então se inscreva no nosso Canal do YouTube e siga nossa página do Facebook!

 

Workshop Gratuito: Treinamento Eficiente, Farmácia Lucrativa!

Lucas Sabadini

Analista de Conteúdo em INOVAFARMA
Bacharel em Engenharia da Computação pela UNIFEV/SP, realizou intercambio na Kaplan International Portland/USA. Entusiasta de tecnologia, atualmente é Analista de Conteúdo na Precisão Sistemas. Desenvolve conteúdo áudio/visual e copywriting/SEO em marketing digital.
Avatar
Comentarios 0

Deixe uma resposta