fbpx
Lista completa dos medicamentos homeopáticos para vender na farmácia

Lista completa dos medicamentos homeopáticos para vender na farmácia + dúvidas respondidas

Você já trabalha com medicamentos homeopáticos no mix de produtos da sua farmácia? Apesar de opiniões contraditórias sobre a eficácia desses medicamentos, eles continuam tendo um público fiel e podem ser uma boa alternativa de receita para o seu estabelecimento. Mas para começar a vender medicamentos homeopáticos é preciso conhecer alguns conceitos mais comuns.

Se você deseja trabalhar com medicamentos homeopáticos ou mesmo quer tirar aquela dúvida sobre homeopatia, nesse artigo respondemos às dúvidas mais frequentes sobre medicamentos homeopáticos perguntados pelos clientes da farmácia.

Além disso, também listamos na íntegra as substâncias presentes nos medicamentos homeopáticos segundo a própria farmacopeia brasileira, muito útil para farmácias que fazem a venda e manipulação desses produtos. Confira agora mesmo!

Envie mensagens no WhatsApp para os clientes da farmácia

Achamos que você também vai gostar de:

>> Lista completa: +100 medicamentos fitoterápicos liberados pela ANVISA

>> Lista de intercambialidade atualizada de medicamentos para farmácias

>> Dúvidas respondidas sobre fracionamento de medicamentos

O que é homeopatia?

Podemos dizer de forma breve que homeopatia é uma forma alternativa de terapia. Ela é baseada em fatos científicos, porém não é comprovada através de métodos (não possui comprovação científica). O estudo da homeopática foi iniciada pelo alemão Samuel Hahnemann no ano de 1796.

A homeopatia busca restabelecer o equilíbrio orgânico do corpo, e para isso ela não foca somente no tratamento da doença, mas o todo do paciente. É na homeopatia que são utilizados os medicamentos homeopáticos.

4 princípios básicos da homeopatia

  • lei dos semelhantes;
  • a experimentação em homem sadio;
  • as doses mínimas; e
  • o medicamento único.

Segundo o volume IV do fascículo Logística de Medicamentos publicado pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) a ciência terapêutica homeopatia é embasada na Lei Natural da CuraSimilia Similibus Curantur“, que em tradução livre significa “sejam os semelhantes curados pelos semelhantes”.

Podemos ainda dizer que a homeopatia é especialidade médica e farmacêutica que consiste em prover doses mínimas de remédio ao doente para que assim seja evitando a intoxicação e seja estimulada no corpo a reação orgânica.

A homeopatia é considerada um sistema científico e filosófico constituída sobre o Princípio Vitalista, que possui metodologia própria de pesquisa, sendo apoiada em experimentações clínicas de medicamentos homeopáticos.

medicamentos homeopáticos para vender na farmácia

Como surgiu a homeopatia no Brasil?

A prática homeopática surgiu oficialmente no país em meados de 1840, introduzida por Benoît Jules Mure, médico francês que esteve no Brasil para implantar comunidades societárias de trabalhadores da França.

De início, Benoît tratava os escravos e os socialmente rejeitados no Brasil Imperial, por meio da homeopatia. Foi dessa forma, que aos poucos, a prática homeopática foi ganhando força no país, principalmente pelo movimento positivista no fim do século XIX.

Já com a República como modelo de governo, a homeopatia no Brasil ganhou mais força, tendo ensino e divulgação por pessoas importantes, como por exemplo Monteiro Lobato e Rui Barbosa.

Entretanto, no começo da década de 1930 a homeopática no Brasil perdeu muita força, mas sem desaparecer por completo. Por volta dos anos 1970, a homeopatia teve um ressurgimento no Brasil, ganhando força como terapia alternativa.

Leia também: Como surgiu a farmácia no Brasil? Resumo completo para você entender!

Quais são os tipos de escolas de homeopática no Brasil?

Na homeopática existem diversas escolas, isto é, formas diferentes de conhecimento, dessa forma o farmacêutico homeopata deve conhecer as principais escolas para melhor orientar o paciente. Abaixo listamos as escolas de homeopática no Brasil:

Kit de Materiais e Conteúdos para Organizar a farmácia
  • Unicista (prescreve somente um único medicamento com base nos sintomas do paciente)
  • Alternista ou Pluralista (prescreve dois ou mais medicamentos, administrados em horas diferentes)
  • Organicista (faz a prescrição do medicamento direcionada para os órgãos enfermos)
  • Complexista (prescreve dois ou mais medicamentos, administrados na mesma hora)

O que é medicamento homeopático?

O medicamento homeopático visa um tratamento suave e sem agressão ao organismo, ou seja, sem causar efeitos adversos aos pacientes. Para tanto, os medicamentos homeopáticos são preparados a partir da extração de substâncias do reino vegetal, animal e mineral.

O que é uma preparação homeopática?

As preparações homeopáticas são feitas por meio de substâncias, produtos ou preparações conhecidas como stocks homeopáticos.

O que é stock homeopático?

Stock homeopático são substâncias, preparações ou mesmo produtos usados como ponto de partida, isto é, utilizada no começo da fabricação de preparações homeopáticas. Podemos assim dizer, que ela é uma matéria prima (natural ou sintética) das preparações homeopáticas. 

O que é medicamento dinamizado?

De forma resumida, medicamento dinamizado são medicamentos homeopáticos submetidos ao processo de dinamização. Mas o que é dinamização? É o processo de diluições seguidas de sucussões e/ou triturações sucessivas de insumo ativo, em insumo inerte adequado, com a finalidade de desenvolvimento do poder medicamentoso

Ainda segundo a definição do artigo terceiro da Resolução número 238/08, medicamentos dinamizados são os medicamentos homeopáticos, antroposóficos e anti-homotóxicos, com finalidade preventiva, paliativa ou curativa. Esses medicamentos são preparados com substâncias trituradas ou diluídas, seguidas de sucussão ou agitação de forma ritmada.

Quais são os tipos de medicamentos homeopáticos dinamizados?

  • medicamentos dinamizados homeopáticos;
  • medicamentos dinamizados antroposóficos;
  • medicamentos dinamizados anti-homotóxicos, 

Qual a diferença entre medicamento homeopático e dinamizado?

Para ser considerado um medicamento dinamizado é preciso que o medicamento homeopático passe por um processo de diluição e agitação de sua substância original. Entretanto, nem todos os medicamentos homeopáticos são submetidos a esse processo, sendo assim, estes não podem ser considerados dinamizados.

Como identificar um medicamento homeopático na farmácia?

Todos os medicamentos homeopáticos com registro simplificado na ANVISA contêm no rótulo a indicação “medicamento homeopático”, fixada de forma visível e com letra de fácil leitura. Além disso no rótulo consta, em letras maiúsculas e com fundo azul o seguinte dizer: “Sem indicações terapêuticas aprovadas”.

Como identificar um medicamento homeopático na farmácia

Todo medicamento homeopático é registrado no órgão sanitário?

Não. Existem alguns critérios exigidos pela ANVISA para o registro de medicamentos homeopáticos. De acordo com RDC 139/03, o medicamento homeopático obrigado a ser registrados é aquele:

  • medicamento industrializado;
  • tem um ou mais componentes na composição;
  • possui marca ou nome comercial;
  • deve seguir os métodos de preparação oficial (farmacopeia)
  • possuir substâncias de comprovada ação terapêutica

Desde o ano de 2003 foi incluído no registro da ANVISA os medicamentos homeopáticos industrializados.  

Medicamentos homeopáticos precisam de receita para serem vendidos?

Depende. A grande maioria dos medicamentos homeopáticos são classificados como MIP, ou seja, Medicamentos Isentos de Prescrição, aqueles que não precisam de receita médica para serem dispensados. Porém, existem exceções que são descritas no artigo 13 da Lei Federal número 5.991/73.

Quais são as formas farmacêuticas que os medicamentos homeopáticos estão disponíveis?

É possível encontrar nas farmácias e drogarias, medicamentos homeopáticos nas seguintes preparações (formas farmacêuticas):

Formas farmacêuticas de uso interno:

  • comprimidos;
  • cremes;
  • géis;
  • géis-creme;
  • glóbulos;
  • gotas;
  • óvulos.
  • pomadas;
  • supositórios;
  • tabletes.

Formas farmacêuticas de uso externo:

  • cremes;
  • géis;
  • géis-creme;
  • óvulos;
  • pomadas; e
  • supositórios.

O que não é considerado medicamento homeopático?

Abaixo listamos o que não são considerados medicamentos homeopáticos:

  • acupuntura;
  • aromaterápica;
  • cromoterapia;
  • essências;
  • florais;
  • iridologia;
  • medicamentos antroposóficos;
  • reiki; e
  • shiatsu.

Medicamento homeopático funciona?

Já existem cerca de 2.000 substâncias presentes nos medicamentos homeopáticos que tiveram seus efeitos específicos testadas no corpo humano, segundo a terceira edição da cartilha homeopática do Conselho Regional de Farmácia de São Paulo (CRF-SP). 

A farmácia pode vender medicamentos homeopáticos?

Sim. Medicamentos homeopáticos registrados na ANVISA são considerados produtos industrializados e podem ser comercializados em suas embalagens originais tanto por farmácias quando por drogarias.

Contudo, a manipulação de medicamentos homeopáticos somente pode ser realizada por farmácias de manipulação devidamente registradas e autorizadas por órgão sanitário competente.Os estabelecimentos que fazer a manipulação de homeopáticos são conhecidas como farmácia de homeopatia.  

O que é uma farmácia de homeopatia?

A farmácia homeopática é um estabelecimento de saúde que realiza a manipulação de insumos, substâncias e/ou matérias-primas que dão origem aos medicamentos homeopáticos, seguindo a farmacopeia.

A Lei número 5.991/73 inclui a farmácia homeopática na legislação brasileira, e somente nos anos 1980 a homeopatia foi sancionada pelo Conselho Federal de Medicina como especialidade médica.

O farmacêutico pode manipular medicamentos homeopáticos?

Controle Financeiro

Sim. Porém, para ter responsabilidade técnica sobre a manipulação dos medicamentos homeopáticos, o farmacêutico precisa, de acordo com o art. 1º da Resolução número 440/05:

“Ter cursado a disciplina de Homeopatia de no mínimo 60 (sessenta) horas, no curso de graduação de farmacêutico, complementadas com estágio em manipulação e dispensação de medicamentos homeopáticos, de no mínimo 240 (duzentas e quarenta) horas, na própria instituição de ensino superior, em farmácias que manipulem medicamentos homeopáticos ou laboratórios industriais de medicamentos homeopáticos conveniados às instituições de ensino.”

“Ter título de especialista ou curso de especialização em farmácia homeopática que atenda as Resoluções pertinentes do Conselho Federal de Farmácia, em vigor.”

Lista de medicamentos homeopáticos

Logo em seguida você confere a lista das substâncias homeopáticas de uso interno e externo, segundo a Farmacopeia Brasileira:

Lista completa de medicamentos homeopáticos para uso interno

  1. Aconitum napellus 6 CH
  2. Aconitum napellus 12 CH
  3. Aesculus hippocastanum 5 CH
  4. Allium cepa 6 CH
  5. Allium sativum 6 CH
  6. Alumina 6 CH
  7. Anacardium orientale 6 CH
  8. Antimonium crudum 6 CH
  9. Antimonium tartaricum 6 CH
  10. Apis mellifica 6 CH
  11. Argentum nitricum 6 CH
  12. Argentum nitricum 12 CH
  13. Arnica montana 6 CH
  14. Arsenicum album 6CH
  15. Atropa belladonna 6 CH
  16. Avena sativa 3 DH
  17. Baryta carbonica 6 CH
  18. Berberis vulgaris 5 CH
  19. Borax 6 CH
  20. Bryonia alba 5 CH
  21. Bryonia alba 12 CH
  22. Calcarea carbonica 6 CH
  23. Calcarea fluorica 6 CH
  24. Calcarea phosphorica 6 CH
  25. Calendula officinalis 6 CH
  26. Cantharis vesicatoria 6 CH
  27. Carbo vegetabilis 6 CH
  28. Carduus marianus 6 CH
  29. Causticum 6 CH
  30. Chelidonium majus 6 CH
  31. China officinallis 6 CH
  32. Cimicifuga racemosa 6 CH
  33. Cocculus indicus 6 CH
  34. Coffea cruda 6 CH
  35. Colocynthis 6 CH
  36. Conium maculatum 12 CH
  37. Drosera rotundifolia 6 CH
  38. Dulcamara 6 CH
  39. Eupatorium perfoliatum 6 CH
  40. Ferrum metallicum 6 CH
  41. Ferrum phosphoricum 6 CH
  42. Gelsemium sempervirens 6 CH
  43. Gelsemium sempervirens 30 CH
  44. Graphites 6 CH
  45. Hamamelis virginiana 5 CH
  46. Hepar sulphur 6 CH
  47. Hydrastis canadensis 6 CH
  48. Hypericum perforatum 5 CH
  49. Ignatia amara 12 CH
  50. Ipecacuanha 5 CH
  51. Iris versicolor 6 CH
  52. Kali bichromicum 6 CH
  53. Kali phosphoricum 6 CH
  54. Lachesis mutus 30 CH
  55. Ledum palustre 5 CH
  56. Lemna minor 5 CH
  57. Lobelia inflata 5 CH
  58. Lycopodium clavatum 6 CH
  59. Magnesia phosphorica 6 CH
  60. Matricaria chamomilla 6 CH
  61. Matricaria chamomilla 12 CH
  62. Mercurius solubilis 6 CH
  63. Myristica sebifera 5 CH
  64. Natrum muriaticum 12 CH
  65. Nux vomica 6 CH
  66. Passiflora incarnata 5 CH
  67. Petroleum 6 CH
  68. Petroleum 12 CH
  69. Phosphorus 12 CH
  70. Phytolacca decandra 6 CH
  71. Plantago major 6 CH
  72. Podophyllum peltatum 5 CH
  73. Pulsatilla 6 CH
  74. Pulsatilla 12 CH
  75. Rhus toxicodendron 6 CH
  76. Rumex crispus 6 CH
  77. Ruta graveolens 6 CH
  78. Sabadilla 6 CH
  79. Sambucus nigra 6 CH
  80. Sanguinaria canadensis 6 CH
  81. Sepia succus 12 CH
  82. Silicea 12 CH
  83. Spongia tosta 6 CH
  84. Staphysagria 6 CH
  85. Staphysagria 30 CH
  86. Sticta pulmonaria 6 CH
  87. Sulphur 6 CH
  88. Symphytum officinale 5 CH
  89. Thuya occidentalis 12 CH
  90. Valeriana officinalis 6 CH
  91. Veratrum album 6 CH
  92. Zincum metallicum 12 CH

Lista completa de medicamentos homeopáticos para uso externo

  1. Aesculus hippocastanum TM
  2. Apis mellifica TM
  3. Arnica montana TM
  4. Atropa belladonna 1DH
  5. Calendula officinalis TM
  6. Cyrtopodium punctatum TM
  7. Hamamelis virginiana TM
  8. Hydrastis canadensis TM
  9. Lappa major TM
  10. Ledum palustre TM
  11. Matricaria chamomilla TM
  12. Paeonia officinalis TM
  13. Ratanhia TM
  14. Symphytum officinale TM
  15. Thuya occidentalis TM

Formulário Homeopático da Farmacopeia Brasileira

Confira em detalhes todas as orientações para o preparo das substâncias homeopáticas no Formulário Homeopático da Farmacopeia Brasileira. Baixe agora para o seu dispositivo:

Conclusão

Oferecer medicamentos homeopáticos no mix de produtos vai depender do perfil e do público que costuma comprar na sua loja. É importante que você identifique se essas pessoas estão na sua região, para assim, começar a trabalhar com homeopatia na farmácia.

Agora que você já tem um melhor conhecimento sobre medicamentos homeopáticos e deseja vendê-los aí na sua loja, vêm falar conosco e conhecer nosso sistema de venda para farmácias e drogarias. Marque o melhor horário para receber sua demonstração gratuito, ou se preferir, chame no WhatsApp!

Gostou do assunto desse artigo? Se inscreva no nosso Canal do YouTube e nossas páginas do Facebook e Instagram para ter mais conteúdos sobre o mercado e varejo farmacêutico!

Rolar para cima