como fazer um Layout de Farmácia ideal para melhorar as vendas

Aprenda como fazer um Layout de Farmácia ideal para melhorar as vendas

É possível transformar uma farmácia num ambiente irresistível para que os consumidores se sintam à vontade para entrar e comprar? Se o preço dos produtos foi a única resposta para essa pergunta, saiba que é preciso ir muito além disso! É necessário ter um layout de farmácia adequado em conjunto com uma correta jornada de compras.

Isso porque quando o layout de farmácia é adequado, contribui efetivamente para aumentar a permanência dos consumidores dentro da loja, além de que desperta a atenção das pessoas que estão passando na rua para entrarem e comprarem produtos.

A experiência de compra no local faz toda a diferença na satisfação do cliente. Quando ela é ruim, dificilmente a pessoa volta a comprar, daí a verdadeira importância de planejar um layout de farmácia satisfatório para os consumidores.

INOVAFARMA - integrado com whatsapp

Até mesmo para os colaboradores, quando o layout de farmácia está adequado, o fluxo de trabalho melhora, otimizando as rotinas, gerando mais produtividade e performance para toda a equipe.

Sem dúvida organizar o layout de farmácia é o caminho certo para o sucesso do negócio, e para te ajudar nessa tarefa, preparamos um artigo que mostra os principais detalhes para organizar o layout da sua farmácia, para otimizar a jornada de compras ideal para vender medicamentos. Confira!

Achamos que você também vai gostar de:

» Móveis para farmácias: conheça as melhores opções para expor os produtos

» Guia Completo: como fazer a exposição de produtos na farmácia

» Listamos todos os passos de como organizar uma farmácia

O que é um layout?

Antes mesmo de começar a organizar o layout de farmácia é preciso entender o que se trata esse conceito. Podemos resumir layout como sendo a maneira de distribuir os elementos físicos num determinado espaço, ou seja, é a forma com que os móveis, produtos, balcão, caixa da farmácia, enfim, são colocados no ambiente da farmácia.

Por meio de estudos do comportamento dos consumidores foi possível concluir que a forma de posicionar os elementos das lojas contribui para o aumento das vendas. Esses estudos foram compilados em bibliografias e estão constantemente sendo aperfeiçoados, a medida que novos estudos são realizados.

Qual a hora certa de trocar de layout?

Sair mudando os móveis de lugar sem qualquer planejamento e objetivo não vai contribuir muito para os resultados de vendas, podendo até piorá-los! O correto é sempre buscar ajuda especializada, como arquitetos de interiores ou mesmo engenheiros (para os casos de reformas estruturais).

Esses profissionais vão avaliar o ambiente e buscar alternativas para posicionar os móveis. Você pode inclusive solicitar que o projeto seja modelado em 3D, isto é, seja feito um esboço no computador de forma que seja possível visualizar o resultado final. Evidente que isso exige um certo grau de investimento financeiro, porém quando bem feito, trará o retorno esperado.

Em relação ao momento ideal para trocar o layout de farmácia, o momento pode ser agora! Tudo depende do seu poder de investimento e o quanto espera aumentar no faturamento. Por vezes pequenos ajustes no layout (como a exposição do mix de produtos) já vão trazer melhores resultados.

Por outras vezes é preciso reformular todo o espaço da farmácia, inclusive com a aquisição de mais móveis ou substituição do mobiliário antigo.

Contudo, se você espera ter resultado diferentes daquilo que já esteja tendo, essa é a hora de repensar o layout de farmácia!

A jornada de compras é fundamental para o layout de farmácia!

Mas afinal o que é jornada de compras? Ela pode ser entendida como sendo os passos que o consumidor dá até chegar efetivamente no ato de compra. Existem 4 passos que todo consumidor faz até decidir comprar o produto, são eles:

1. Descoberta e conhecimento do produto

Nesse primeiro estágio da jornada de compras, o consumidor ainda não sabe que sua farmácia tem um mix completo de produtos que atende as suas necessidades. Até mesmo esse consumidor ainda não sabe que sua farmácia está próxima do seu endereço, ou está entre seus caminhos diários.

É fundamental então fazer a divulgação do seu estabelecimento através de campanhas de marketing locais, distribuição de tabloides de ofertas, fazendo com que o consumidor “descubra” sua farmácia.

Já no ponto de venda (PDV), a descoberta e conhecimento passa também pelo layout de farmácia adequado, pois muitos produtos não são conhecidos pelos consumidores, por isso sempre importante deixá-los expostos de forma visíveis ao alcance do consumidor.

Nesse sentido o próprio colaborador da farmácia pode auxiliar o cliente, explicando sobre os tipos de produtos que a farmácia trabalha que ainda não eram do conhecimento desse cliente.

2. Consideração que existe um problema

Mesmo depois do cliente saber que existem opções de produtos vendidos na sua farmácia, muitos deles não visualizam a aplicação, isto é, para que servem todos esses itens. Então se inicia a segunda etapa da jornada de compras: o reconhecimento do problema.

Quando falamos em “problema” queremos nos referir ao propósito que levou o cliente até a farmácia, que pode ser em busca de medicamentos para tratamento, alívio de sintomas ou mesmo itens de higiene pessoal, por exemplo. Nesse ponto o atendimento será fundamental para entender os motivos que levaram a pessoa até a farmácia. Facilitar o acesso das pessoas até o no balcão é papel do layout de farmácia.

3. Visualização da solução para o problema

Após o atendimento, o colaborador verifica o relato do cliente e pode então sugerir uma solução para o alívio dos sintomas ou mesmo indicar um produto não-medicamento. Nessa hora o layout de farmácia terá que facilitar para o colaborador encontrar o produto com a maior agilidade possível.

Para os clientes que já estão decididos em comprar, o layout de farmácia deve proporcionar o contato visual com os produtos, dessa forma se faz necessário o uso adequado de móveis, boa iluminação e sinalização de todas as categorias de produtos.

4. Decisão de comprar o produto

Após passar por todas essas etapas o cliente já consolidou na sua mente qual produto deseja comprar. Para esse momento, o layout de farmácia deve ser pensado para facilitar o fechamento da venda, por meio do acesso aos caixas da farmácia, otimização das filas e também na exposição de produtos de conveniência (itens de consumo rápido, como bomboniere, por exemplo) que podem aumentar o ticket médio.

E para garantir que o consumidor volte novamente a realizar compras futuras no estabelecimento, o pós-venda começa com a fidelização dessa pessoa, por meio do acúmulo de benefícios (cartão fidelidade), descontos diferenciados e na prestação do bom atendimento.

Salientando que nem todos os clientes começam no primeiro passo da jornada de compras, muitos deles podem já estar em outros passos mais avançados. Por exemplo: um determinado cliente já está com a decisão tomada, e busca somente o produto na prateleira, daí o layout de farmácia deve oferecer essa possibilidade do autosserviço.

eBook escolher colaborador

Layout de farmácia é tudo igual?

É um erro pensar dessa forma! Para cada espaço deve se fazer um projeto diferente. Apenas copiar a concorrência ou fazer igual a todos fazem, não trará muitos resultados efetivos para sua farmácia.

Medicamentos são comprados a partir de uma necessidade de saúde, já os demais produtos “não-medicamentos”, como categorias de higiene e beleza, cosméticos e perfumaria, dependem muito da forma como são expostos para serem vendidos, daí a importância de ter um layout adequado. O layout de farmácia é um grande somatório de variáveis, e todas precisam estar em harmonia.

Estilos de layout de farmácia

Layout de farmácia clássica

Esse tipo de layout de farmácia mais tradicional é composta por simples balcões e gôndolas. Normalmente o balcão de atendimento fica no fundo da farmácia ou na lateral, e logo atrás os medicamentos de prescrição. O erro nesse caso está em não deixar espaço suficiente para a exposição dos produtos isentos de prescrição.

Inclusive é comum encontrar layout de farmácia com produtos isentos de prescrição expostos atrás do balcão, sendo um erro terrível do ponto de vista comercial. Como esses produtos não precisam de receita, devem ficar sempre disponíveis para as pessoas.

Veja, o cliente não vai ter interesse em fazer a compra de medicamento para combater a hipertensão, a menos que ele tenha esse problema. A maioria dos clientes deve ser estimulada com os produtos de primeira necessidade, itens de perfumaria e produtos OTC, então o layout de farmácia deve ser pensado para dar protagonismo para esses produtos que podem ficar ao alcance das pessoas, o que acaba não acontecendo no modelo tradicional de layout.

Ainda podemos encontrar farmácias antigas (boticas) com móveis de madeira, com um layout das décadas passadas, com apenas um único colaborador, que faz o atendimento, dispensação e recebimento de valores.

Layout de farmácia popular

Os estabelecimentos mais populares têm o foco no giro rápido de produtos, buscam ofertar produtos de conveniência que são mais procurados pelos clientes. O layout de farmácia popular é:

  • todo pensado para facilitar o acesso das pessoas aos produtos;
  • é comum vermos cestões;
  • muita sinalização e ótima iluminação;
  • ilhas de produtos no centro da loja;
  • bom espaço para as pessoas circularem.

O balcão de atendimento percorre toda a loja, sendo acondicionado em toda a extensão da loja, nas laterais e no fundo. Como o fluxo é constante, exige vários caixas para checkout, que também já faz o próprio atendimento ao cliente. O dinamismo é a palavra que define o layout de farmácia popular.

Ao optar por esse tipo de layout, você tem que saber qual é o perfil de consumo da sua farmácia, pois no modelo popular a intenção é usar o máximo possível do espaço para expor os produtos, privilegiando o autosserviço, isto é, o próprio consumidor se atender (pegar o produto e pagar).

Layout de farmácia moderna

Nesse tipo de layout de farmácia costuma se priorizar materiais mais bem acabados e nobres, como vidros e acrílicos, madeiras e pisos laminados. Os móveis também costumam ter iluminação própria de led. Também é possível encontrar nesses layout de farmácia, jardins e ambientes decorativos.

O ambiente interno costuma ser bem amplo, destacando principalmente produtos mais premium das categorias de higiene e perfumaria. Esse padrão de layout de farmácia busca atender um público mais exigente, que deseja conforto e produtos com alto valor agregado.

Mas é possível deixar a farmácia com um layout moderno usando alguns desses aspectos, como por exemplo, na escolha de móveis mais sofisticados, com acabamento em vidro. Um bom exemplo são os gaveteiros que otimizam espaços.

Esse tipo de móvel é muito usado nas farmácias europeias, mas já está marcando presença no território nacional. É usado para armazenar medicamentos de prescrição (tarjado que não podem ficar ao alcance dos consumidores) em forma de gavetas, dessa forma são ideais para farmácias com pouco espaço físico.

Medidas para o layout de farmácia ideal

Normalmente o espaço ideal para um bom layout de farmácia gira em torno de 200 a 250 metros quadrados. Dê preferência para o formato retangular em uma proporção de 3:2. Essa dimensão é suficiente para ter uma área de exposição e vendas no tamanho de 160 a 200 metros quadrados, o que possibilita circulação adequada dos clientes e arrumação dos móveis.

Já no espaço para atendimento, onde será colocado o balcão, um espaço entre 8 a 10 metros lineares é considerado ideal. Lembrando que na área de dispensação de medicamentos (onde as pessoas circulam) a legislação determina o mínimo de 30 metros quadrados.

Layout de Farmácia ideal - balcão de atendimento

Atrás do balcão, reserve no máximo 20% do espaço útil da farmácia. Por exemplo, se você tem 200 metros quadrados para fazer a exposição dos itens, 20 metros quadrados devem ser ficar atrás do balcão para os medicamentos de prescrição. O restante deve acomodar os produtos de autosserviço, isto é, aqueles que podem ser pegos pelos clientes.

para o local do caixa da farmácia, reserve um espaço perto da porta de entrada, em seu entorno, coloque display chamativos como produtos de alta margem de lucro, e também os refrigeradores com produtos de conveniência (sorvetes, águas, refrigerantes, tônicos).

Também é importante a altura do chão ao teto, respeitando pelo menos 3 metros, suficientes para acondicionar móveis de vários tipos e tamanhos. No lado de fora, preste atenção na fachada da farmácia, recomenda-se no mínimo 5 metros de comprimento, de preferência colocar uma vitrine que mostre o interior da loja para as pessoas que passam na calçada. Se possível, use portas de vidros, para assim ter uma visão ampla de dentro da loja de quem está de fora.

Existem algumas medidas padronizadas que devem ser respeitadas segundo os órgãos sanitários, como por exemplo o mínimo de 3 metros quadrados para sala reservada para aplicação de injetáveis. Se existir uma melhor espaço, você pode ir além, mas tudo vai depender do foco do seu negócio.

Para um layout de farmácia que vai oferecer serviços farmacêuticos, como pequenos procedimentos, é preciso reservar uma sala com no mínimo 6 metros quadrados, que seja separada dos demais ambientes, para haver privacidade ao paciente.

Não esqueça das medidas recomendadas para os banheiros, esse local deve ter no mínimo 2,5 metros quadrados, além de serem pensados para oferecer acessibilidade para cadeirante e demais deficiências motoras de possíveis clientes da farmácia.

Qual layout de farmácia escolher para minha loja?

O layout de farmácia ideal é aquele que gera resultados positivos, é aquela que permite usar todo o espaço disponível da farmácia para expor os produtos e também é capaz de aumentar o tempo de permanência das pessoas no ambiente.

Entretanto, a escolha do layout de farmácia não deve ser permanente, é preciso fazer comparações. Por exemplo: inicie com layout e permaneça durante um período, como 6 meses a 12 meses. Depois mude o aspecto do layout de farmácia para outra disposição, num mesmo período. Por fim faça as comparações de resultados. Busque saber:

  • número de vendas;
  • quais os produtos tiveram maior saída;
  • como eles foram expostos;
  • o ticket médio da loja no período.

Também leve em consideração os períodos de sazonalidade do ano, como baixa de temperatura e datas comemorativas. Assim você terá um parâmetro de qual layout de farmácia funciona melhor para o seu tipo de público consumidor.

Detalhes simples que fazem toda a diferença no layout de farmácia

Layout de Farmácia ideal - fachada da farmácia

Área externa

  • o nome da farmácia está adequado? O letreiro está bem iluminado, pintura em dia?
  • imagem (como a farmácia é vista pelos clientes? Exemplo: logo, fachada);
  • o calçamento está em perfeito estado?
  • se houver vitrine, ela está chamativa?
  • a porta é de vidro, as pessoas conseguem ver o interior da farmácia?
  • a abertura da porta de entrada não pode ser muito estreita, garanta uma abertura mínima de 90cm

Acessibilidade

  • pense nos clientes com deficiência física, então providencie rampas de acesso e locais para estacionamento
  • se houver espaço, um estacionamento privativo pode ser um diferencial para o layout de farmácia

Área interna

  • a iluminação está adequada? (farmácia escura dificulta os clientes encontrarem os produtos);
  • as lâmpadas são de led? (são de cores frias?);
  • os móveis são específicos para farmácias e drogarias? (estão novos, apresentam desgastes?);
  • a altura dos móveis é a correta? (nunca use móveis acima de 1,60m no interior da loja, acima disso os clientes não enxergam os demais produtos);
  • o caixa não deve ficar no fundo da farmácia, posicione na frente da farmácia
  • se for disponibilizar balança para aferição de massa corpórea, coloque o equipamento perto do caixa;
  • os produtos com promoções e ofertas devem ganhar destaque perto do caixa da farmácia;

Circulação dos clientes

  • os clientes conseguem passar tranquilamente pelos corredores?
  • uma mãe consegue passar com um carrinho de bebê pelas gôndolas?
  • jamais coloque uma gôndola em paralelo (“atravessado”) com a porta de entrada!
  • garanta no mínimo 90cm entre os corredores, para evitar “espremer” as pessoas entre as gôndolas.

Local para estoque

  • deve ser de fácil acesso para carga e descarga de produtos;
  • não pode comprometer o espaço de exposição dos produtos;
  • também não pode ser muito pequeno e comprometer o trabalho dos colaboradores.

Segurança

  • é preciso seguir a regulamentação e exigências do Corpo de Bombeiros referente a portas de incêndio (dependendo do tamanho do local);
  • a sinalização dos locais de saída de portas de emergência precisam ser adequadas;
  • os móveis não podem obstruir as saídas de emergência;
  • todas as portas de emergência devem abrir para fora e não podem ser trancadas;
Ebook - Checklist organizar farmácia

Conclusão

Deu pra notar a relevância do layout de farmácia para os resultados de vendas dos estabelecimentos farmacêuticos. Como você viu nesse artigo, através de pequenos detalhes já é possível notar diferenças significativas na forma de expor os produtos e melhorar o fluxo dos clientes, para garantir uma jornada de compras satisfatórios para os consumidores.

Se você gostou dessas dicas se inscreva no nosso Canal do YouTube e nossas páginas do Facebook e Instagram para ter mais conteúdos como esse!

Conheça nossas soluções de automação e gestão para farmácias e drogarias! Peça agora sua demonstração gratuita! Ou então preencha o formulário nessa página e fale agora mesmo com o especialista para conhecer nossas soluções para sua farmácia. Se preferir, chame no WhatsApp!

peça agora sua demonstração gratuita do INOVAFARMA